MATERIAIS

Os materiais que complementam a fabricação das nossas luminárias são mais do que um ingrediente adicional. Representam o suporte ideal para que cada um dos nossos produtos chegue às suas mãos com a melhor qualidade do mercado

BALASTROS

Na Sylvania, contamos com uma ampla gama de balastros; dispositivos encarregados de transformar a energia para uma adequada operação das lâmpadas fluorescentes. Dependendo da sua estrutura, se dividem em magnéticos e eletrônicos ou também podem ser classificados segundo o tipo de lâmpada.

As funções do balastro são:

  • Fornecer energia controlada para chegar ao acendimento do fluorescente;
  • Controlar, regular e emitir o abastecimento adequado da corrente, fazendo com que o fluorescente trabalhe com a máxima eficiência.

BALASTROS PARA FLUORESCENTES

Um fluorescente não pode ser colocado diretamente em uma linha elétrica, pois cada tipo de fluorescente necessita de voltagens de arranque que dependem da longitude, diâmetro, construção e gases do tubo. Depois que o fluorescente arranca, a corrente deve ser estabilizada pelo balastro.

Os balastros estão desenhados para quatro tipos de arranque, de acordo com o fluorescente:

1. Pré-aquecimento (Pre-Heat): Estes fluorescentes requerem que seus eletrodos se pré-aqueçam antes de iniciar o ciclo luminoso e necessitam de um arrancador para acender.

2. Arranque rápido (QS ou Quick Start): Da mesma forma que o anterior, requer que os eletrodos sejam pré-aquecidos; porém, o balastro está desenhado para esquentar o tubo sem a necessidade do arrancador.

3. Arranque acelerado (RS ou Rapid Start): Utilizam eletrodos de baixa voltagem que são automaticamente pré-aquecidos pelo balastro, eliminando assim a necessidade de um arrancador. O balastro possui um bobinado de aquecimento que arranca a lâmpada e a mantém funcionando.

4. Arranque instantâneo (IS ou Instant Start): Este circuito acende o tubo dando-lhe uma descarga de alta voltagem entre os eletrodos da lâmpada, sem a necessidade de um arrancador.

TIPOS DE BALASTROS

  • BALASTROS DE EMERGÊNCIA

    Estes dispositivos são colocados nas luminárias fluorescentes adicionais ao balastro normal, para que no momento em que o abastecimento de eletricidade falhar, mantenham acesa a lâmpada por um período de tempo apropriado. Assim, é possível concluir qualquer trabalho que estiver sendo realizado ou evacuar o lugar se for necessário.

  • BALASTROS QUE POUPAM ENERGIA

    Este tipo de balastro é mais eficiente do que os convencionais, uma vez que permite alcançar menores perdas; funcionam com fluorescentes convencionais ou com fluorescentes que poupem energia.

    • Exemplo:
    • 1 luminária de 2 tubos T12 com balastro magnético a 120V consome 96W
    • luminária de 2 tubos T8 com balastro eletrônico a 120V consome 65.6W Economia 30W, 31.66%.
  • BALASTROS ELETRÔNICOS-MULTIVOLTAGEM

    Os balastros eletrônicos operam com uma tecnologia totalmente diferente à utilizada pelos balastros eletromagnéticos, pois utilizam componentes eletrônicos para arrancar o tubo e para regular a sua operação.

    Atualmente, os novos balastros eletrônicos são fabricados com desenhos de alta eficiência que permitem notáveis benefícios: longa vida, economia energética, baixos custos de manutenção, menores níveis de ruído, temperaturas de operação mais baixas e menor peso dos componentes.

  • BALASTROS DE ALTA INTENSIDADE DE DESCARGA (HID)

    Os balastros para lâmpadas HID devem levar à risca duas funções muito importantes:

    Arrancar: Aplica-se uma alta voltagem à lâmpada através dos gases, iniciando uma descarga e sustentando a voltagem requerida para o aquecimento da lâmpada.

    Controlar ou regular: Quando o bulbo arranca, ao não ter filamento que ofereça resistência, a corrente elétrica pode crescer até causar um acidente, por isso é necessária a utilização do balastro como controlador e regulador da corrente elétrica que passa através do arco.

DIFUSORES

Os difusores parabólicos representam a forma mais sofisticada e com maior controle de precisão ótica disponível para luminárias fluorescentes. Sua principal característica é a de redirecionar a luz gerada pelas lâmpadas fora da área de desconformidade visual de 608 a 908.

As funções que desempenha o difusor são as seguintes:

  • 1. Ocultar a fonte de luz;
  • 2. Controlar a luz em uma área determinada;
  • 3. Reduzir os reflexos indesejados;
  • 4. Oferecer uma aparência agradável com um brilho reduzido.

O estrito controle na direção da luz é conseguido graças à forma das paredes verticais do difusor que agem como pequenos refletores dirigindo a luz em uma área de trabalho de 08 a 458, onde é utilizada da maneira mais efetiva. A inexistência de luz sobre o ângulo de 458 elimina os reflexos indesejados e proporciona um excelente efeito visual.

PINTURA

A Feilo Sylvania é reconhecida por sua excelente qualidade em todas suas operações. Estamos constantemente otimizando e inovando, em busca de melhorias que estão evidenciadas nos produtos para benefício dos nossos clientes.

O valor e a qualidade dos nossos produtos estão compostos em boa parte pela alta qualidade das matérias-primas empregadas, ou seja, todos aqueles elementos que, transformados, se convertem em um único produto ao final.

CARACTERÍSTICAS DA PINTURA EM PÓ

Matéria-prima com tecnologia de ponta e adequada às exigências do mercado atual;

Formulada com base de resina poliéster, que oferece uma excelente proteção contra a radiação UV, sem que esta perca a cor nem fique amarelada, mesmo com o passar do tempo;

Propriedades mecânicas muito boas;

Devido às suas características, garante um acabamento homogêneo e altamente estético;

Refletividade de um 93%;

Poliéster livre de TGIC.

VANTAGENS DA PINTURA EM PÓ
  • a) Não contem solventes; é 100% sólida, o que permite uma recuperação e não libera resíduos para o ambiente.
  • b) Possui propriedades mecânicas e químicas muito superiores à pintura líquida convencional, o que garante um alto desempenho e garante ao produto final uma alta proteção.
  • c) A nível operativo da fábrica, há uma mínima perda de material, com rendimento aproximado de 98%.
  • d) Produto amigável com o ambiente e não produz contaminante.
  • e) Excelente qualidade no produto final.

APLICAÇÃO

Os materiais refletem a luz de acordo com as características próprias como a textura e a cor. Por exemplo, as superfícies com texturas mais rugosas e de cores escuras absorvem mais luz e, portanto, são menos refletivas que as superfícies claras com acabamentos lisos.

Na Sylvania, sabemos que a maior saída de luz da luminária depende de uma adequada seleção do material do refletor, do difusor e da pintura que é empregada na fabricação da luminária. Uma pintura com alta refletividade pode ser empregada como parte do refletor da luminária por sua elevada capacidade para tirar a luz da fonte e dirigi-la à área de trabalho.

Nos sistemas atuais de iluminação é necessário otimizar os recursos tanto por argumentos estéticos e funcionais, como por economia energética e aspectos ambientais. Entre os benefícios de aplicar um produto desenhado e fabricado pela Feilo Sylvania com a pintura de alta refletividade, temos:

Maior saída luminosa por luminária, o que se traduz no uso de menos luminárias no espaço construído; Maiores níveis de iluminação nas áreas de trabalho, uma vez que cada luminária da Feilo Sylvania está desenhada com a capacidade de dar mais luz à área de trabalho com a pintura de alta refletividade.

A Sylvania está investindo na melhoria contínua dos seus produtos para levar à máxima otimização dos recursos a todo o portfólio que oferecemos aos nossos clientes para o desenvolvimento dos seus projetos em construção.